« Home | Ornatos » | Projecto Pandora » | O Rei da Selva » | É sempre bom quando o nosso trabalho é capa de jor... » | Momentos de Sensualidade » | Purpurinas e Calafeiros » | Uma Crítica Violenta » | ... » | Depois de ontem ter realizado mais uma exibição fu... » | O meu perfil astrológico » 

terça-feira, abril 18, 2006 

Crónica de uma manhã igual À de tantos outros

Arrastando o corpo, ainda pesado da manhã, pelo corredor, T. sentia a garganta seca - excessos de ontem, pensou ele melancolicamente enquanto se aproximava da entrada do salão.

No interior, farto, som e cor pareciam harmoniosamente fundidos num só elemento; dispersos desordenadamente pela sua superfície as mesmas personagens da noite, e doutras tantas, passadas.

Bdia – disse-lhes eu num tom mais agudo do que estava à espera.

Bom dia, disse-me a Stacy enquanto me passa um dry martini para a mão. Ficas ainda mais sexy nesse roupão, murmurou ela ao meu ouvido.

No meio de tudo aquilo um silêncio ecoava na minha cabeça.

Foi então que me dirigi ao centro da sala e interpelei, desta vez sem traições vocais

- Caros convivas…e se hoje fossemos trabalhar?



Após um silêncio expectante, que logo não durou mais de 2 segundos, muitos se começaram a rir, pensando que brincava, outros, simplesmente, ignoraram-me.

Melanie foi a única a perceber que não se tratava de mais uma brincadeira.

...

Até hoje não foi capaz de me perdoar.

o dia começou a preto e branco... :)

o meu foi mais a preto :(

fuma antes tabaco! :P

estou a ver que não és o Ken... senão convidavas a Stacey e a Barbie para um passeio de barco, para além de nunca acordares com esse paladar a papel (só a silicone) :))

;))

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação