« Home | Impossible is Nothing » | Crónica de uma manhã igual À de tantos outros » | Ornatos » | Projecto Pandora » | O Rei da Selva » | É sempre bom quando o nosso trabalho é capa de jor... » | Momentos de Sensualidade » | Purpurinas e Calafeiros » | Uma Crítica Violenta » | ... » 

quarta-feira, abril 26, 2006 

Conversas con mi bluego

Admito que não ando com muita paciência para ti.

Não é que não me aconteçam coisas, ou que não veja coisas.

Mas, não sei, sabes aquela química que nós tínhamos? Ultimamente não tem funcionado. Bem sei que todas as relações tem os seus altos e baixos, mas, não sei.

Não, isto não tem nada haver com o outro, sabes bem que não.

Mas, não sei.

se calhar deviam procurar aconselhamento blogo-matrimonial...

olha, explica-lhe tu isso que eu já tou farto de tentar!

:) boa análise Reinaldo Reles!

Obrigado Papá ;P

sabes que quando ja ha 'outro' ao barulho fica dificil explicar...

tadinho :)

Ah dias assim, em que não temos paciência para eles... Mas tem calma... não lhe digas já com tanta franqueza que há outro, ele fica triste!!

Todas as relações têm os seus altos e baixos...

Pois é, às vezes o cansaço chega, a falta de vontade instala-se, a rotina quebas as ligações. mas com uma boa terapia tudo volta ao normal.
beijinhos

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação