quinta-feira, dezembro 22, 2005 

HO HO HO!!


E pronto, todos os anos, pontualmente, lá está ele.

Como diria Ali G., o comediante, não deixa de ser suspeito Jesus Cristo ter nascido precisamente no dia de Natal…mas pronto, se eles o dizem…


Bom Natal para vocês todos!!!!!

 

Sucessos

Acabei de ler agora no Diário Digital o seguinte título: “O crime do Padre Amaro” já é o 2º maior sucesso nacional.

Suponho que o primeiro seja a Soraia Chaves.

terça-feira, dezembro 20, 2005 

O segredo do riso do Ronaldinho


Ronaldinho foi re-eleito o melhor jogador do Mundo. Não me lembro de nenhum outro que o tenha conseguido com tanta justiça nos últimos anos.

Quando o futebol é cada vez mais um jogo colectivo e de precisão matemática, onde o menor erro pode causar uma derrota, surge um jogador assim. Naturalmente que só poderia ser sul-americano, Ronaldinho tem samba dos pés à cabeça, e aquela ginga não se aprende no culto mundo ocidental - e não existem livros que colmatem essa lacuna…é genético.

Para quem gosta de futebol, melhor, para quem gosta de desporto, ou de dentes proeminentes, é um prazer estupidificante ver este homem jogar. É normal que ele pareça que está sempre a rir, qualquer homem que jogasse futebol assim estaria sempre a rir-se, seria incontrolável.

Existem várias coisas que nós homens invejamos uns nos outros, as principais são: Dinheiro, sucesso com mulheres e jogar bem futebol. Agora só uma destas implica a realização das outras 3, ser futebolista, dos bons. Por isso é que os milionários, estilo Abrahamovic compram clubes de futebol, porque no fundo, lá no seu íntimo, eles sabem que existe um elo da trilogia que nunca estará completo.
Por muito dinheiro que tenham, existirá sempre um guarda-costas ou um barman, que jogando uma futebolada no convés do iate, pensará “Podes ser podre rico, mas vê-la se me consegues tirar esta bola ãhn?!”…e isto meus amigos mexe com o íntimo de um homem. Assim, na impossibilidade de completar-se como ser humano eles compram clubes e jogadores, e às vezes até árbitros…

Mas não é a mesma coisa, não é a mesma coisa…

Por isso é que não vemos os pobres homens ricos sempre de sorriso estampado na cara.

"Não me sinto o melhor ou o pior jogador do mundo. Sinto-me o mais feliz de todos."
Ronaldinho, na entrega do prémio.

segunda-feira, dezembro 19, 2005 

Woody

«As pessoas acham que sou um intelectual, porque uso óculos, e acham que sou um artista, porque os meus filmes dão prejuízo, mas de facto sempre tive uma vida de pequeno burguês totalmente normal»

É esta normalidade, tão à flor da pele, que torna este pequenino ser tão anormalmente especial.

Já tenho saudades de ver um filme dele, fazem parte daqueles, poucos, que ainda me fazem rir.

terça-feira, dezembro 13, 2005 

O Poder da Imagem


Para todos aqueles que pensam que os publicitários são uns vendidos; às marcas, aos partidos, aos poderes vigentes, usando sem quaisquer escrúpulos as poderosas ferramentas ao seu dispor para programar os consumidores….vejam este filme de animação.

Um filme tocante para os Médicos Sem Fronteiras sobre uma praga que está a destruir um continente; a Sida.

Don't let Aids gain more ground.

p.s.- naturalmente que os responsáveis por este anúncio já foram expulsos da Associação Mundial de Publicitários

segunda-feira, dezembro 12, 2005 

É OFICIAL: Ex-Solteirão está insatisfeito c/template

As dores de cabeça que me está a dar este novo template “Cool Motherfucker” estão a tornar-se insuportáveis.
Não bastava o “#&% do sistema de comentários só dar quando lhe apetece, os textos debaixo das fotos, como podem comprovar, aparece desformatado.

Não há paciência, pá!

Pareço aqueles cotas que compram o último modelo de telemóvel, cheio de botõezinhos e funçõezinhas que ninguém usa, só para estarem na moda e depois não percebem nada daquilo e apercebem-se do papel ridículo que fizeram, e gastaram, para tentar parecer Cooles…Motherfuckers.

Estou triste, pá.

E estes botõezinhos todos a olhar para mim e a gozarem com a minha cara…

 

Trabalho dá Saúde























Na impossibilidade temporal de escrever um post minimamente interessante e funcional de arranjar o %&#"$ do novo sistema de comentários, fiquemo-nos com esta bela metáfora sobre o trabalho.

Agora ide, ide para os vossos lares pensar nisto.

quarta-feira, dezembro 07, 2005 

Para quem me quer surpreender no Natal














Na ausência de comentários da grande maioria de vocês, pressuponho que o assentimento tenha sido generalizado.

Obrigado, sois muito generosos!

p.s.- gosto mais do preto do que do cinzento
p.s.s.- prefiro o Nano ao normal

terça-feira, dezembro 06, 2005 

"Não lhe dês Cavaco" - Um Movimento em Movimento

O movimento “Não lhe dês Cavaco” não para de crescer, qual massa informe em movimento.

Eu, outrora mentor desta campanha de sensibilização para que Portugal tenha um Presidente com uma outra ideia, sobre uma ou outra coisa (e preferencialmente que também tenha lábio superior) já não tenho qualquer poder sobre este movimento.

Ele já não é meu. É nosso. É dos Portugueses!! (era agora que se ouvia o tradicional “Muito Bem!”)
Ele está ai, no café da tua esquina, nas universidades, nos lares de 3ºidade e, até mesmo, nos prostíbulos de ambígua vocação.

São muitos os exemplos das diversas iniciativas que pululam por esse Portugal fora. Destaco apenas uma por agora:

Um anónimo que criou o blog “Não lhe dês Cavaco”


p.s.- juro que não sou eu e não sei quem seja

segunda-feira, dezembro 05, 2005 

Grrrrrrr....

Estou tão enervado com o sistema de comentários do meu “novo” blog, que as veias da minha testa estão a ficar iguais às das tetas aqui em baixo (do blog, subentenda-se).

 

Sitting, Waiting, Wishing