sexta-feira, setembro 30, 2005 

Hoje sinto-me um pouco assim...

quarta-feira, setembro 28, 2005 

Cultura em Aveiro

Decorreu ontem uma interessante tertúlia sobre a cultura em Aveiro, em particular, os projectos e ideias das diversas cores politicas para a cidade nesta área.

O Bloco de Esquerda foi, arriscarei o naturalmente, o partido mais representado, activo e, no meu entender, mais conhecedor das verdadeiras necessidades e fragilidades da Cultura Aveirense. Contudo, e de louvar, os outros partidos tiveram uma atitude bastante interventiva (com alguns laivos de propagandismo à mistura, o que decerto se compreenderá nesta altura).

Também gostei muito da postura e modo de pensar do, mui provavelmente, futuro vereador da cultura; Pedro Silva. Pareceu-me um homem bom, e que me desculpem os homens maus, mas acho que para andar nestas lides é preciso ter apurada sensibilidade e tolerância, o que, normalmente, significa ter um bom coração.

E aos cépticos que me questionarão sobre quais as vantagens de ter um bom coração? Direi que pelo menos o ajudará a terminar o mandato em boas condições.

Faltou foi mais malta nova, assim tipo eu; não basta passarmos a vida a dizer que os políticos não fazem nada e não participarmos activamente ou fazermos nada para alterar o estado das coisas.

Bom, mas se quiserem saber mais leiam o blog da ilustre mediadora.

 

Dragon Rules

















Pois é, o meu clube (que me desculpe o Beira-Mar) faz hoje 112 Anos!

São muitos anos, muitas taças, muitas alegrias.

Hoje, para comemorar, convidámos uns rapazolas simpáticos para ajudar à festa.

 

Koeman Pode

Pode um jogador estar em campo 86 minutos sem conseguir fazer um passe, um corte, ou algo parecido com jogar futebol?

Pode, com o Koeman pode.

terça-feira, setembro 27, 2005 

Força Tugas!

Uma das características desportivas que julgo ter é um certo fair-play.

Por isso, quando as cores nacionais estão em causa, em jogos europeus, sempre me custou entender o ódio que os adeptos de futebol destilam…Que porra! deixemos essas quezílias de lado de uma vez por todas!

Por isso, e sem qualquer tipo de vergonha, hoje digo bem alto:

Boa sorte Cristiano Ronaldo e Carlos Queiroz!!!

 

Descoberta macabra matinal

27 anos depois não cesso de descobrir coisas novas:

O leite, quando estragado, pode saber a noz.


Nota final: Averiguar se a noz quando estragada saberá a leite.

sexta-feira, setembro 23, 2005 

Portugal Português

Estão a ver aquela música brasileira, do furacão da Bahia, “Poeiraaa, poeiraaaa, levantou poeira!”?

Hoje, estando eu naquele baluarte da democracia Portuguesa denominado Marco de Canaveses, ouço esta melodia, por um daqueles altifalantes de carro-que-anuncia-o-circo, com uma ligeira alteração na letra; então era assim:

“ Moreiraaaa, Moreiraaaa, Manuel Moreira
ele o Marco vai mudar,
para tudo melhorar
Moreiraaa, Moreiraaaa, Manuel Moreira”

quinta-feira, setembro 22, 2005 

De volta às Trevas!

Devido a mudanças de rede, acabaram de nos avisar, a mim e aos meus colegas, que provavelmente teremos que ficar sem telemóvel durante todo o dia.

Rapidamente se instalou o pânico e o caos generalizado! Quais baratas tontas, diversas pessoas desataram a correr, descoordenada e desenfreadamente, até se estatelarem contra os contraplacados dos gabinetes; outros, com as mãos na cabeça e executando movimentos pendulares, entoavam lamúrios imperceptíveis…

Os 10 minutos que se seguiram à loucura inicial foram de um silencio sepulcral…um olhar vazio preenchia o cenário de devastação…

Então, certamente alguém mais velho, soltou entre dentes: E se telefonássemos dos fixos?! E quando estivermos na rua podemos sempre ir a um café ou a uma cabine e ligar…

Ohhhhhh!! Entoamos todos, polifonicamente em coro, sim! Sim! isso, era capaz de dar certo!!

Agora, enquanto escrevo estas linhas, os meus colegas rodeiam o ancião – que agora apelidamos de “Aquele que Sabe” – e ouvem estranhas histórias de quando o mundo não tinha telemóveis.

terça-feira, setembro 20, 2005 

Press Grand Prix - Festival de Cannes

 

Press Grand Prix - Festival de Cannes

 

Press Grand Prix - Festival de Cannes

sábado, setembro 17, 2005 

Desperate Wives

A série está excelente: Excelentes actores, óptima fotografia e realização, argumento e diálogos inteligentes, mulheres bonitas, e, como se não bastasse, ainda nos brindam com estas pérolas filosóficas.

"Yes, life is a journey. One that is much better travelled with a companion by our side. Of course, that companion can be just about anyone. A neighbour on the other side of the street. Or the man on the other side of the bed. The companion can be a mother with good intentions. Or a child who's up to no good.
Still, despite our best intentions, some of us will lose our companions along the way. And then the journey becomes unbearable.
You see, human beings are designed for many things, but loneliness isn't one of them."

Do décimo nono episódio, Live Alone and Like It, excerto retirado do Bomba Inteligente

sexta-feira, setembro 16, 2005 

A Sport TV anda a enganar as pessoas!

Enviaram-me a carta de um assinante da Sport TV, absolutamente desolado.

É ultrajante o que fazem com as pessoas...ultrajante!


"Exmos Srs,

Sou assinante da SportTV há mais de três anos porque sou um amante do fenómeno desportivo e, em particular de futebol. Até agora, a SportTV tem sido caracterizada por um elevado padrão de qualidade nas suas transmissões, o que tem justificado a minha manutenção como assinante.
Jogos das ligas, inglesa, italiana, espanhola e jogos de top do futebol nacional sustentam a minha opinião.

No entanto, fui informado que a SportTV tenciona transmitir no próximo fim-de-semana um jogo que opõe os dois últimos classificados da Liga portuguesa (Benfica e União de Leiria), o que considero um atentado aos padrões anteriormente definidos por vós, em que a selecção de jogos com equipas de top era o garante da qualidade das transmissões.

O que se seguirá? Um Desportivo de Chaves - Moreirense? Um Desportivo das Aves - Portimonense? Ou um Sandinenses - Caçadores das Taipas?"

DESEJAMOS TODOS UMA TELEVISÃO MELHOR

quarta-feira, setembro 14, 2005 

Bill (finally) Died


Criminoso retirar um olho a esta senhora, ainda mais dois.

Apesar de tudo ( e isto alberga os infindáveis intervalos TVI
às 2 da matina) adorei a sequela.


p.s.- cine-clube / oita reabre amanhã, pede-se comparência maciça às massas ou às massas comparência maciça.

sexta-feira, setembro 09, 2005 

Dorian Gray

O livro que elegi para ler nas férias, aconselhado pelo meu irmão, foi "O retrato de Dorian Gray".

Dizer que o livro me fascinou seria dizer pouco.

Deu-me também a conhecer Lord Henry, a minha personagem de eleição; nobre hedonista com uma filosofia de vida, teórica apenas, dificil de resistir.

Um pedacinho:

"Acredito que se um homem vivesse a sua vida plenamente, desse forma a cada sentimento, expessão a cada pensamento, realidade a cada sonho, acredito que o mundo beneficiaria de um novo impulso de energia tão intenso que esqueceríamos todas as doenças da época medieval e regressaríamos ao ideal helénico, possivelmente até a algo mais depurado e mais rico do que o ideal helénico.
Mas o mais corajoso homem entre nós tem medo de si próprio. A mutilação do selvagem sobrevive tragicamente na autonegação que nos corrompe a vida. Somos castigados pelas nossas renúncias. Cada impulso que tentamos estrangular germina no cérebro e envenena-nos. O corpo peca uma vez, e acaba com o pecado, porque a acção é um modo de expurgação. Nada mais permanece do que a lembrança de um prazer, ou o luxo de um remorso.
A única maneira de nos livrarmos de uma tentação é cedermos-lhe. Se lhe resistirmos, a nossa alma adoece com o anseio das coisas que se proibiu, com o desejo daquilo que as suas monstruosas leis tornaram monstruoso e ilegal.

Já se disse que os grandes acontecimentos do mundo ocorrem no cérebro.

É também no cérebro, e apenas neste, que ocorrem os grandes pecados do mundo."

Oscar Wilde, in "O Retrato de Dorian Gray"

quarta-feira, setembro 07, 2005 

Kill Bill



Só ontem tive oportunidade de ver o Kill Bill.

Inconfundivelmente um filme de Tarantino. Com uma linguagem estética fascinante (como se pode ver na imagem) - apresenta um misto de manga, Kung-Fu, mesclado com uma pitada de “Sin City” - e uma banda sonora que, tal como o desenrolar da história, é electrizante.

A forma como Tarantino consegue desencantar actores e actrizes das gavetas empoeiradas, Daril Hanna (a sereia) e o Bill (o gajo porreiro da série de kung fu), tal como fez, p.ex., com John Travolta no pulp fiction, e dar-lhes o ar mais cool do mundo é, sem dúvida, um dom.


Acho que o segundo não é tão bom, mas este valeu bem as olheiras que trago hoje.

terça-feira, setembro 06, 2005 

Boas Notícias

O Cine-clube vai reabrir o Cinema Oita!

Para mais pormenores falem aqui com esta senhora

 

O Bochechas

Acabei de ler agora no El País que o Soares já conseguiu dois apoios estrangeiros de grande
Nível:

- O Alzheimer e o Parkinson!!

segunda-feira, setembro 05, 2005 

A queda de um Mito

As notícias que nos chegam dos E.U.A. não param de me surpreender.

O caos e a anarquia total; grupos armados a pilharem a cidade, violações...um cenário aparentemente só possível em países como o Ruanda ou o Burkina Faso.

Irão, Cuba, Venezuela, oferecem ajuda...

Decididamente, a indestrutibilidade americana não passa agora de um velho mito.

quinta-feira, setembro 01, 2005 

Pub - Axe II