« Home | Back in business » | Fechado para férias do pessoal. » | (...) » | CRÔNICA DEL REI » | Eu disse... » | O Pé da Covinhas » | O Blog do Presidente » | » | Estou por aqui » | Vida de adulto » 

sexta-feira, agosto 26, 2005 

Divagações

"NÃO amo a Humanidade na sua feição abstracta e necessariamente ideal. Mais: não sei de que falamos quando falamos de Humanidade. Conheço os meus vizinhos, a minha família, os meus amigos e inimigos. Sou decente com quem devo e implacável com quem não devo. Mas não alimento qualquer ilusão utópica sobre o mundo. Sei que algumas iniquidades não têm uma solução política à espera e que a função de qualquer sociedade civilizada é engendrar os arranjos possíveis e nem sempre os desejados."

[ JP Coutinho in, O Independente . 21/2/03]

Links to this post

Criar uma hiperligação