quinta-feira, julho 21, 2005 

Vida de adulto

Enquanto isto se aproxima a passos estupidamente largos e esta malta quer tudo para ontem, eu fico sem tempo nenhum para fazer o trabalho para estes.
O meu nariz ainda se alegra com a fraca assiduídade aqui , mas quem mais se ressente deste frenetismo todo...é mesmo o xiripiti (foi a única coisa que me lembrei para rimar com aqui, sei que é parvo mas a hora vai longa).

quarta-feira, julho 20, 2005 

Filarmónica do Gil

Apesar de não gostar muito do gajo (não sei se será do ar de galã ou de ter namorado com a Catarina Furtado) admito que sabe o que faz.

Este novo projecto parece-me muito bom e a voz do vocalista, Nuno Norte, captado no programa de televisão “ídolos” (afinal sempre servem para alguma coisa) é portentosa!

Esta é a que se ouve por aí.

E dedico-a, não sendo muito original, a esta jovem ;)


"DEIXA-TE FICAR NA MINHA CASA

João Monge / João Gil


Tenho livros e papeis espalhados pelo chão
A poeira de uma vida deve ter algum sentido
Uma pista, um sinal de qualquer recordação
Uma frase onde te encontre e me deixe comovido

Guardo na palma da mão o calor dos objectos
Com as datas e locais. Porque brincas, porque ris.
E depois o arrepio: a memória dos afectos
Que me deixa mais feliz

Deixa-te ficar na minha casa
Há janelas que tu não abriste
O luar espera por ti quando for a maré-vasa
Ainda tens que me dizer porque é que nunca partiste

Está na mesma esse jardim com vista sobre a cidade
Onde fazia de conta que escapava do presente
Qualquer coisa que ficou, que é da nossa eternidade
Afinal, eternamente.

Deixa-te ficar na minha casa
Há janelas que tu não abriste
O luar espera por ti quando for a maré-vasa
Ainda tens que me dizer porque é que nunca partiste"

terça-feira, julho 19, 2005 


quinta-feira, julho 14, 2005 

Pensamentos parvos I

Ontem dei por mim a pensar como será difícil a um estrangeiro perceber a diferença entre “Verão” e “Verão”.

Sendo o primeiro para a estação e o segundo para acto de observar (também pode ser ao contrário).

Que dirá sobre esta frase?

“Verão que este ano estará um belo Verão!”

Porquê esta economia de palavras?

e já agora, Prima Vera?!

…loucos, são loucos estes Portugueses.

quarta-feira, julho 13, 2005 

Ele há dias...

Há vários dias que só me queixo do excesso de trabalho, da ausência de férias, do cansaço, da inexistência de uma ideia nova ou diferente....

hoje não mudou nada.


...ainda dizem que sou inconstante

 

Site compra fotos de cidadãos comuns

"O site www.scoopt.com é o primeiro endereço na net onde cidadãos comuns podem vender as suas fotos.

Atendendo à proliferação de telemóveis com câmara fotográfica, cada vez mais os cidadãos comuns têm a capacidade de assegurar imagens únicas e exclusivas de determinada situação. Basta estarem no sítio certo e na hora exacta e podem conseguir verdadeiros “furos” jornalísticos dignos de figurar nas páginas das revistas e jornais.

O Scoopt.com sabe disso e dispõe-se a adquirir essas fotos. Em primeiro lugar, os interessados em pertencer nesta comunidade têm de registar-se no site, já que só se aceitam fotos de membros registados.
O registo é grátis e garante o acesso a material exclusivo, incluindo guias técnicos e ofertas especiais. Depois do registo, os membros enviam as suas fotos, que podem ser recebidas através de um MMS ou podendo o Scoopt fazer um upload das fotos directamente do computador do membro registado. Por último, o Scoopt compromete-se a fazer de tudo para conseguir vender as fotos. Sempre que o negócio é consumado, os lucros são divididos 50/50.
Quando um membro envia uma foto, o Scoopt passa a ter os direitos de exploração da foto por um período de seis meses, tempo em que o membro compromete-se a não publicar a foto em qualquer outro sítio. Findo este período, o Scoopt continuará a tentar negociar a foto, mas o utilizador que a enviou pode tentar vendê-la por si próprio ou publicá-la onde desejar. SP"

meios&publicidade

segunda-feira, julho 11, 2005 

Polémica na Baixa!

A Waquekinha pediu-me que, como Aveirense que me prezo, divulgasse o abatimento de algumas árvores no jardim do “drink´s” (baixa de S. António) e a respectiva petição.

Não conhecendo bem o assunto em questão, não sei portanto quantas árvores vão abater, se realmente abateram algumas árvores ou apenas vegetação e ramos, mas o “Aveirense que se preze” surtiu efeito e faço então as seguintes considerações:

Nestas coisas do ambiente, e então quando árvores são abatidas, é sempre fácil dizer que está mal, que aqueles porcos capitalistas querem transformar este Mundo num jardim de cimento…nem sempre é assim.

Relembro o caso do Parque da “Macaca” (estas coisas devem ter outros nomes) que até há bem pouco tempo era o poiso ideal para indivíduos de natureza suspeita exercerem as suas actividades, também elas, suspeitas. Na altura, e depois do sol se pôr, nem era passear, mas passar no parque era, senão perigoso, pelo menos uma experiência algo intimidante para qualquer um que tivesse menos de 1m90 e ombros de remador olímpico. A vegetação extremamente densa e os altos muros do parque assim o propiciavam.

Hoje o parque abriu-se à cidade, não digo que antes não fosse frequentado mas quem por lá sempre andou sabe que hoje está diferente. Não sei se foram abatidas árvores ou se a vegetação foi apenas desbastada, mas a visibilidade dentro do parque é muito maior, sítios completamente escuros e de mato onde só de catana se entrava já não existem – para pesar de muitos casais de namorados.

Não acredito, muito sinceramente, que a Câmara tenha decidido abater árvores por causa do pólen sujar as roupas da vizinhança ou para impedir “roços” de namorados – embora que soube de fonte segura que a questão do “Pólen” será um dos cavalos de batalha do Alberto Souto para a próxima candidatura.

Acho, e mais uma vez digo que não sei a dimensão dos “cortes” em causa, que provavelmente, no génese desses abatimentos estará uma questão de saúde e segurança pública.

Não é para estragar a festa a ninguém, mas as coisas não são sempre preto no branco e nem sempre a fórmula “abatedores de árvores = gajos maus” é correcta.


Ass. O gajo chato

quarta-feira, julho 06, 2005 

A minha contribuição para o défice

Ahhh, nada como começar o dia a pagar 120 Euritos àquela maravilhosa instituição que é a Policia de Segurança Pública!


Bem hajam meus queridos protectores...bem hajam!


p.s.- estou tão teso, mas tão teso, que não falta muito para que a única coisa que me possam fazer seja despentear-me...

terça-feira, julho 05, 2005 

Biciante!

http://www.metaatem.net/words/solteirao

sexta-feira, julho 01, 2005 

Boblog

Lembram-se daquele convite para escrever noutro blog?

Bom, 2 meses depois, saisse-me isto: um Post de merda!