« Home | Pensamentos Profundos II » | Pensamentos Profundos I » | Va fanculo! * » | Pá, tinha q dizer isto » | De Puta Madre! » | Um não Post » | SLB! » | Eguiçes » | Porra,que deve ter sido tão bom! » | As coisas que realmente interessam » 

segunda-feira, junho 13, 2005 

Eugénio de Andrade 1923 - 2005

«O poeta é um primitivo, ama os sortilégios. Mas é em nome desse amor que a sua recusa tem a força de um destino, num mundo que vai abdicando de o ser. Ele é por excelência aquele que diz não à peste negra da mentira, e se opõe, implacável, ao rasteiríssimo jogo da vileza institucionalizada. Porque a palavra poética visa à subversão – se assim não fora, que sentido teria esta música onde o homem morre sílaba a sílaba para que o homem nasça?»

http://www.instituto-camoes.pt/escritores/eugenio/poetama.htm

menos um dos bons.

:(

Oh Marcos ajude-me!
Oh Marcos venha aqui só ver uma coisa.
O Eugénio é alguém q pela sua abnegação marcou a cultura nacional.
Alguém que deveria viverá eternamente nas nossas memórias.

:(

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação