sexta-feira, abril 29, 2005 

Onde pára o sítio da covinhas?!

Desapareceu, no passado dia 27, o blog “sitiodacovinhas.blogspot.com”.

Na altura, usava um layout cor-de-rosa e uma série de posts pessoais. As características do dito blog reflectem as da sua progenitora: muita simpatia, personalidade aberta e simplicidade.

Não se vislumbram quaisquer razões para o seu desaparecimento, e a hipótese “se calhar foi comprar tabaco” não se põe, devido aos inúmeros cravanços de que sou alvo permanente.

A progenitora, de nome covinhas, encontra-se desolada, por isso, agradece-se a alguém que possa dar informações sobre o seu paradeiro.

quinta-feira, abril 21, 2005 

O que eles dizem

"...o neo-papa esteve indeciso quanto ao nome a adoptar. Ponderadas as hipóteses Damas XII e Vítor Baía III, acabou por decidir-se por Bento XVI. "

in, galarzas.blogspot.com

 

Jack Johnson Vs Nitin Sawney

Descoberta a minha nova paixão musical, Jack Johnson, indaguei sobre sua natureza e propósitos.
Para espanto meu - Ó! - o ex-surfista hawaiano, com música que soa a uma deliciosa mistura entre Ben Harper, Bob Marley e uma mescla de puro encantamento, vem a Portugal no dia 21 de Maio.
Estou absolutamente viciado no último cd, ontem ouvi-o 4 vezes seguidas e hoje, a começar a ressacar, sinto já suores frios pelo seu afastamento.

Agora o busílis:

Nitin Sawney tb vai estar no coliseu....um dia antes!

Ó Sorte Malvada, que vida desgraçada, ai ai ai ai ai ai ai ai!

terça-feira, abril 12, 2005 

Quer salvar uma vida?

Se até dia 16 não tiver 10.000 € na minha conta bancária vou buscar um frango ao Púcaro.

NIB: 243537876364635478931

nota: este post é para quem viu o telejornal da SIC…mas os outros tb podem pagar

sexta-feira, abril 08, 2005 

Onde pára Bóbó?

Para todos aqueles que gostariam de saber o paradeiro do famoso Bóbó, ex-jogador do Boavista, quem era Franck Foda, ou o porquê do Carcavelinhos F.C. só jogar com um avançado, é favor visitarem este blog.

Tudo que é informação inútil sobre futebol está aqui.

quarta-feira, abril 06, 2005 

A Naifa

Ontem, tive a sorte de ser das poucas pessoas que tiveram o privilégio de assistir a um grande, grande concerto.

Poderia ter sido pelo som, sublime e único, da guitarra portuguesa interpretada por Luís Varatojo (ex-despe e siga), ou do estilo rebelde de João Aguardela no baixo(ex-Sitiados), da bateria de Vasco Vaz, ou da “enorme” fadista (?) Maria Antónia Mendes que tem um dom, ou vários, é que a acompanhar uma voz divinal está uma grande presença em palco (com um sorriso que desarma qualquer um.)

Também poderia ser pelas letras: poemas de José Luis Peixoto e Adília Lopes, entre outros.

Podia ser, e foi.

O projecto A Naifa “recorre aos cânones do fado e do experimentalismo electrónico como matéria-prima de uma visão da cultura portuguesa que não se conforma com a clonização de modelos estrangeiros como forma de vida”. In, escrito algures

p.s.- prova do seu sucesso foi a fila que se formou cá fora para comprar os Cd´s que se encontravam em banca improvisada.

segunda-feira, abril 04, 2005 

Momento alto do dia

Com os longos cabelos ao vento, óculos escuros e um sorriso parvo na cara, cantaroleio este som que se ensenhoreia de mim...


"Sittin' in the mornin' sun
I'll be sittin' when the evenin' come
Watching the ships roll in
And then I watch 'em roll away again, yeah

I'm sittin' on the dock of the bay
Watching the tide roll away
Ooo, I'm just sittin' on the dock of the bay
Wastin' time

I left my home in Georgia
Headed for the 'Frisco bay
'Cause I've had nothing to live for
And look like nothin's gonna come my way

So I'm just gonna sit on the dock of the bay
Watching the tide roll away
Ooo, I'm sittin' on the dock of the bay
Wastin' time

Look like nothing's gonna change
Everything still remains the same
I can't do what ten people tell me to do
So I guess I'll remain the same, yes

Sittin' here resting my bones
And this loneliness won't leave me alone
It's two thousand miles I roamed
Just to make this dock my home

Now, I'm just gonna sit at the dock of the bay
Watching the tide roll away
Oooo-wee, sittin' on the dock of the bay
Wastin' time

(whistle)"

(SITTIN' ON) THE DOCK OF THE BAY
- written by Otis Redding and Steve Cropper-
lyrics as recorded by Otis Redding December 7, 1967, just threedays before his death in a plane crash outside Madison, Wisconsin

 

Querido Diário...

Sexta-feira:
Consegui, finalmente, ultimar o conto. O Sr. Picollo já partiu, e apesar da sua baixa estatura apresenta-se como um sério concorrente a vencer esta cena e a proporcionar-me as férias da minha vida.

Sábado:
O Caramulo é lindo, andar no meio da natureza é lindo, fazer slide é lindo!

Domingo:
Lembrança a mim mesmo: nunca ir correr depois de ter estado a jogar futebol. O corpo já não vai muito nessas cantigas (ou nunca foi...exceptuando quando a minha profissão era jogar futebol 10 horas por dia e ficava com pena do sol durar tão pouco).

Segunda-Feira:
Começo a Pós-Graduação. O início desta corresponde, curiosamente, com o fim das poucas horas livres que ainda tinha, assim como, com o fim dos poucos euros livres que ainda tinha.