« Home | The right is right! » | Hoje o Mundo acordou cor-de-rosa. » | Absolut Bastards!! (é o que me apetece dizer depoi... » | "A perfeição não existe", dizem. ... » | O Júlio... » | Receio que... » | Blog Aveiro » | Good guys go to heaven, bad guys go everywhere! » | Coisas que me fazem rir I » | Kusturica vai realizar documentário sobre Maradona... » 

quarta-feira, março 09, 2005 

Crónica dos primeiros 20m do Jogo do Ano

Ontem perdi o melhor jogo do ano. Bom, não o perdi completamente, ainda consegui ver os primeiros 20 minutos, ou seja, só deu para ver os 3 primeiros golos do Chelsea ao Barça..

Depois disto, e apesar da minha insistência, tentaram convencer-me que o jogo estava “terminado”, tal era a demonstração de superioridade dos homens de Mourinho. O pior é que a lógica nunca teve qualquer tipo de relação com o futebol – para quem não acredita basta ver o 2º golo do Ronaldinho – e assim não vi um daqueles jogos que exemplificam o porquê do Futebol ser o desporto mais popular à face deste planeta – Os melhores jogadores do Mundo, o melhor treinador do Mundo, o Deco e o Ronaldinho, tudo isto dentro de um estádio com uma multidão completamente louca, saudavelmente louca, e num jogo de tudo ou nada (este parágrafo é dito enquanto mando cabeçadas na parede…).

Anda um gajo a ver Penafieis, beiramares, Portos, e tantos que tais, num longo e pesado penar, com conjuntos de gajos que julgam, juulgammm, estar a jogar algo parecido com futebol, para depois perder O JOGO.

Agora, mesmo para quem não goste de futebol nem nada relacionado com 11 homens atrás de uma bola (ou 10 + o Quaresma), é obrigatório ler este gordito, um exemplo:

“A diferença entre as pessoas normais que respiram oxigénio e o Mourinho que come vitórias ao pequeno-almoço é que este incute nos seus jogadores uma mentalidade ganhadora que desafia o mito daquele russo que dobrava colheres com o pensamento. Nunca vi nada assim, ou seja, nunca se viu nada assim. Ver um jogador mediocre como o Kezman, que a espaços faz lembrar o Krpan, a acreditar que pode ter melhor rendimento ofensivo que o Eto ou o Ronaldinho é algo só explicável pelo processo hipnótico.”

ups...mea culpa!!mea culpa!!

mas também nunca pensei que o jogo fosse dar aquela reviravolta...

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação