« Home | O fim de uma era? » | Aveiro meu Amor » | "Small but though." » | Afinal era...Helmet! » | Clítoris ou clitóris? » | Pergunta do dia » | Para a Mariana » | Marge Simpson muda de cabelo para anunciar Dove » | Falam, falam, falam e fazem. » | Acrescentar ao dicionário. » 

terça-feira, fevereiro 01, 2005 

Fábula desportiva

Quando eu era mais pequeno, o meu irmão era mais pequeno ainda. Por isso, quando fazíamos corridas, jogávamos futebol de cave, ou match-day no 48k, eu dava-lhe sempre um avanço.
Tal facto devia-se a minha superioridade física e técnica.
Hoje ainda ganho, mas também perco, e já não lhe dou qualquer tipo de avanço (agora até tenho de utilizar jogo psicológico).

O FC Porto é superior aos seus adversários ao nível da organização e espírito competitivo.
Estas características devem ser comuns, desde o Presidente, ao roupeiro, e este facto tem-se reflectido na atitude e mentalidade permanentemente vencedora das suas equipas. Só assim se percebe a esmagadora superioridade que o Porto tem tido nos últimos 20 anos a nível nacional, e os espantosos títulos conquistados a nível internacional: 2 títulos de campeão europeu, 2 títulos de campeão Mundial e vencedor da taça UEFA.

Este ano, tal como eu fazia, tal como a lebre em corrida com a tartaruga, demos um grande avanço. Ou melhor, tentámos. Deitámo-nos, de barriga cheia, à sombra da árvore, mas quando acordámos a tartaruga estava, toda suada, exactamente no mesmo sítio e debatendo-se com a ligeira brisa que soprava da direcção contrária.

Levantámo-nos e esticamos às pernas (e a tartaruga lá continuava), Espreguiçamo-nos lonnngammente (e não é que a gaja ainda lá estava!?) e pronto, agora vamos andando.

Moral da história

Depois de 2 épocas fabulosas todas as equipas têm quedas, são os chamados ciclos (isto em economia tem um nome qualquer). É bom ver que o nosso ciclo estupidamente negativo é estar com os mesmos pontos que aqueles-que-são-mais-que-as-mães-mas-que-isso-ainda-não-dá-títulos e menos um que os outros, aqueles rapazolas simpáticos – acho que a pior crítica que se pode fazer a um suposto rival é achá-los simpáticos…mas eu acho mesmo.

A nossa superioridade distingue-se, sem dúvida, pelo facto de não estarmos sempre a falar, a crticar e a gozar com os nossos adversários. Estamos a passar uma má fase, é verdade, mas havemos de recuperar porque somos superiores, porque somos os melhores. somos campeões europeus, nacionais e vencedores da taça intercontinental. isto é o suficiente para nos dar força para prosseguir em frente.

os outros, os que têm os mesmo pontos do que nós, acham-se os maiores exactamente por isso: por terem os mesmos pontos do que nós.

Quem é que gozou com o FêCêPê?
Ãh?
Quantos São?
Venham, Venham ...

convenhamos é que pior que este ano, só o ano do Octávio ...muito trabalho, muito trabalho.

Mas como muito bem disse, são os ciclos e tudo na vida tem ciclos.

Eu devo, portanto, ser não um "daqueles-que-são-mais-que-as-mães-mas-que-isso-ainda-não-dá-títulos" (nome sucinto e sugestivo)mas sim um dos "outros" - os simpáticos.

Antes de mais, obrigado pela referência ao nosso Bem-estar com a vida e consequente boa-disposição.

Tenho visto esta época com aquela expressão em que a malta fica com uma sobrancelha levantada e outra meia franzida por cima do olho que fita desconfiado.
POr esta hora, já alguém poderia ter quase 60 pontos (possíveis), mas está tudo nos 36, 35, 34... o que é perder MUITO ponto.

Os ciclos fazem bem a toda a gente, para essa toda a gente se aperceber que tudo o que sobe... desce. Ou seja, que ninguém é omnipotente e nem tem de ser. Eu "curti" os meus 18 anos de jejum forçado. Soube-me extremamente bem ser campeão depois disso, naquela explosão de verde e branco (tanto que eu nunca imaginei haver tal número de sportinguistas em Portugal!...).
Não desejo tamanho jejum a ninguém, mas desejo que se encarem os "ciclos" como coisas naturais e, se possível, como alturas propícias a melhorar o nosso futebol - o que infelizmente não está a acontecer.

O meu clube não está a fazer isso (ou se está... é uma coisa muito sumidinha, os "mais-que-as-mães não estão a fazer (um jogo só - connosco! - não chega) e o "vocês"... tanto brasileiro... não sei, não.

Boa sorte para todos e se o Braga ganhar isto este ano... Porreiro!

Confirma-se a versão do sportinguista simpático ;)

Sim, eu também sei o que é isso dos ciclos. Uma vez (até me custa falar nisto) o Porto teve 3!!sim, 3!!! 3 anos consecutivos sem ganhar...foi horrível!

E nem me importo muito se o Sporting (o de braga está claro ;)ganhar este ano, é que nenhum dos 3 "grandes" o merecia.

São os ciclos de Kondratieff... são lixados... sobretudo quando é o Porto que vai na mó de baixo ;)

finalmente um comment!!

couceiro é onovo treinador, este, um dos chamados novos mourinhos é mm capaz de o ser... ele e o carvalhal.

mas a brasileirada k se cuide k este jovem tem pulso!

e... realmente, na nossa pior época desde k me lembro k existo (exeptuando os 6 meses do quinito que treinava pelo telefone e os 6 meses de octávio k n quiz o jardel k marcou 40 e tal golos nessa época no sporting, tudo bem k 17 penaltys...) mas mesmo assim não tenho duvidas nenhumas k vamos ser campeões face ao plantel k temos, k só precisa de motivação e umas cachaçadas valentes e pq os outros são demasiado fraquinhos...

exeptuando claro o braga, o belém, o setúbal, o marítimo e o beira (só pelo coração, pq ir buscar um treinador expert em descer equipas de divisão... só na cabeça do sô mano)

ganda abraço oh ex-solteirao

p.s.1: espero ver o teu apê este fds!
p.s.2: com um bocado de sorte aind levas um post só pra ti no meu blog! áhn?? kem é amigo, kem é?

:)))

...caraças!! logo agora que estou com uma falta de tempo dos diabos é que escreves um post tão desafiante como este que gostaria de comentar em profundidade (por acaso até tenho um capacete de mineiro do meu avô Gurmecindo...) porque como sabes sou adepto de um emblema que não o teu e que se perfila para vencer este ano -se os deuses quiserem e os craques estiverem para aí virados, que nestas coisas não basta que ganhem bem: é preciso inspiração, não é?. Mas infelizmente não tenho tempo, não; ah! aquele Pedro Barbosa ainda o hei-de ver no Chelsea! e o Dias da Cunha a desenvolver um revolucionário SISTEMA monetário! e...se tivesse tempo, escreveria um comment sobre estes e muito mais, mas...

Fica bem e intés!

nem falço de futebol. eu sou masoquista~... oopppsss... sportinguista de gema.
beijinhos

COIDA LINDA!...

Sinto-me na "Bancada Central" (TSF), versão Blog!...

Era um conceito fixe, não?...
Vamos propor isso ao Fernando Correia?...

:-)

Pois essa conversa do "tivemos, fizemos, fomos", é recorrente e geralmente usada quando as coisas não estão bem. Olhe-se o exemplo de Portugal.Desbravamos oceanos, lutamos contra gigantes, conquistamos o inconquistavel...por aí fora.(fomos, tivemos, fizemos) Hoje somos assim como que um cagalhoto na ponta de uma europa que se ri de nós...Deve ser do ciclo!!!!
No futebol é a mesma história; só que a HISTÒRIA está escrita e deve ser tomada pelo todo e não pela parte.Mas enfim, lá diz o povo que o amor é cego e eu diria que o "clubismo futeboleiro" é cego e surdo.

Achei injusto o teu post solteirao ...

1- esqueceste-te que as coisas têm mais vida que aquela que queres dar, nao exististe só nos úlimos 5 anos pois não??

2 - Mais injusto foi o teu intolerável esquecimento do Paulinho, que o Porto seja organizado tudo bem, mas melhor que o paulinho é que não!!!!!!!!!

3 - é um pouco cedo para dizer bem do couceiro ou não??? ... é que o fernandez também era muito bom!!!

4 - vivam os 17 brasileiros do fcp!!

5 - chups.

kat:
r
Pois, mas já batemos no fundo agora é sempre a subi

Urso:

Também espero ver o meu apê, pronto, este fds.
O teu blog devia ser em minha homenagem, menos que isso é pouco

Bertus:

Os craques (?!) parece que estão de contas ;)

Sónia:

Característica comum aos sportinguistas

K@:

A malta que lá vai não me parece muito virada para as novas tecnologias, mas o programa é hilariante.

"Esse senhor aí que acabou de falar, diz que é benfiquista mas o que ele é, e desculpe a expressão Fernando Correia, é uma merda" foi a última que eu ouvi por lá ;)

Benny:

A minha conversa é "Temos, fazemos, Somos".

Somos Campeões Europeus e do Mundo!!! Não eramos, não no tempo da Maria Cachúxa, não, somos hoje, aqui e agora.
Não sou nenhum benfiquista saudodista...

p.s.- bem vinda ;)

Ínclito:

1 - Não, existi nos últimos 27. O meu post reportava-se aos últimos 20 do Porto, ora se começei a ver futebol lá para os 9, pode-se dizer que esta é a minha realidade.
Sabes que por vezes os historiadores e cronistas do reino exaltavam e até inventavam feitos gloriosos que nunca existiram. Não vamos acreditar em tudo o que lemos pois não? ;)

2 - Sorry, esqueci-me

3 - ok, só daqui a 10 jogos, depois de analisar todas as questões técnico-tácticas e as nuances inerentes ao seu estilo de jogo é que me voltarei a pronunciar.

4 - Não sei porque é que vc diz isso cara! não são muitos não, pô!

5 - chuplarups

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação